Presidente da FCDL RN recebe medalha Mérito Policial Luiz Go

 

WhatsApp Image 2017-07-10 at 15.21.57 (2) WhatsApp Image 2017-07-10 at 15.21.57

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte comemorou 183 anos nessa segunda-feira 10/07 com solenidade realizada no Teatro Riachuelo. Durante o evento o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Norte, Afrânio Miranda foi agraciado com a medalha do Mérito Policial Luiz Gonzaga pelos relevantes serviços prestados a polícia Militar.

A Medalha do Mérito Policial – Luiz Gonzaga é considerada a mais alta comenda da Polícia Militar do Estado e entregue aqueles que atuam como parceiros importantes da corporação e à Segurança Pública do Estado. O presidente da FCDL/RN tem ao longo de sua gestão trabalhado juntamente com os presidentes das CDLs do Estado no monitoramento das principais vias comerciais das cidades do interior, através da doação de câmara de vídeo monitoramento para os Ciosps das cidades. A cidade de Apodi, através da CDL da cidade e da FCDL RN foi a primeira em parcerias com os empresários do município a doar as câmeras para polícia da cidade.

HISTÓRIA DA PMRN

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte foi criada no dia 27 de junho de 1834, na administração do Presidente Basílio Quaresma Torreão, com o nome de Corpo de Polícia da Província e o efetivo de 40 homens.

Com a missão de preservar a ordem pública e garantir a segurança dos cidadãos, a instituição teve o seu batismo de fogo em dezembro de 1840, na antiga Vila Nova da Princesa, atual Cidade de Assu, durante um tumultuado processo eleitoral, o qual ficou conhecido como “Fogo de Quarenta”.

Já na segunda metade do século XIX prestou relevantes serviços ao país quando cedeu alguns membros de seu efetivo para defenderem a pátria nas guerras do Paraguai e de Canudos. Enviou, também, contingentes ao Maranhão para combater a Coluna Prestes (1925) e a São Paulo por eclosão da Revolução Constitucionalista de 1932.

A Polícia Militar teve forte atuação no combate ao cangaço, destacando a invasão do bando de Lampião em Mossoró em 13 de junho de 1927, no qual a Polícia Militar, unida à população, expulsou o grupo.

Uma das maiores demonstrações de heroísmo da PMRN foi na Intentona Comunista de 1935 quando, em número bastante reduzido de homens e armas, resistiu ao poderio bélico dos insurretos. Na ocasião, a PM perdeu o Soldado Luiz Gonzaga de Souza, que defendia heroicamente o Quartel do Comando.

Na década de 1980, incorporou as primeiras Oficiais femininas, precursoras na ativação da Companhia Feminina de Polícia no Estado. Atualmente, a PMRN conta com um efetivo de cerca de oito mil policiais.


Data da publicação: 10 de julho de 2017

Notícias

Confira horário do comércio no feriado de 15 de novembro

A próxima quarta-feira 15/11 é feriado da Proclamaçã…

73% dos brasileiros devem ir às compras no Natal; data vai

Os sinais mais recentes de uma lenta e gradual recupera…

3º Seminário Regional de SPCs é realizado em Natal

Líderes empresariais, presidentes e executivos das CD…

Empresários de Santa Cruz inauguram sede da Casa do empres

A sede da Casa do Empresário de Santa Cruz, prédio qu…

Aposentados e pensionistas começam a receber antecipação

Os aposentados e pensionistas em todo o país começam a…