Projeto Mulheres Mãos que Constroem Forma Última Turma

 

Certificado mulher 1

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Norte (FCDL/RN), Afrânio Miranda, entregou juntamente com o prefeito da cidade do Natal, Carlos Eduardo Alves, os certificados das últimas turmas do projeto “Mulheres: mãos que constroem”, que forma, nesta terceira etapa, 327 alunas nos cursos de pedreira, encanadora, eletricista e pintora.

Realizado pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Natal, o projeto conta com a parceria da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, e FCDL/RN. Ao todo, 630 alunas moradoras das quatro regiões da capital potiguar. Nesta última fase foram beneficiadas as moradoras dos bairros das Rocas, Loteamento Novo Horizonte/Pajuçara, Paço da Pátria, Gramoré, Vila Paraíso/Igapó, Boa Esperança/Nova Natal, Felipe Camarão, Nova Descoberta e Leningrado.

 

Sobre o projeto “Mulheres: mãos que constroem”

O projeto “Mulheres: mãos que constroem” começou em setembro de 2014 e se encerra agora com 604 alunas formadas no ofício de pintora de obras, encanadora predial, pedreira de revestimento e eletricista instaladora residencial. Os cursos tinham duração de cerca de dois meses, com quatro horas de aulas diárias, pela manhã ou à tarde. A previsão da SPM era de qualificar 720 mulheres, com uma evasão permitida de no máximo 20%. O índice foi de 12.4%.

Os cursos funcionavam em locais próximos de onde as mulheres moravam, por isso, a Semul contou com o apoio de associações, igrejas e conselhos comunitários. O projeto teve o suporte de grupos organizados de mulheres e da FCDL/RN, responsável pelo processo ensino-aprendizagem.

O banco de dados das alunas formadas pelo “Mulheres: mãos que constroem” foi enviado pela Semul para o Sinduscon, para que as construtoras possam aproveitar essa mão de obra disponível agora no mercado. As secretarias municipais que trabalham com obras também receberam o banco de dados, de modo que possam cumprir a Lei Municipal 330/2011, que prevê uma cota de 10% de mão de obra feminina nas obras públicas municipais.

 


Data da publicação: 19 de agosto de 2015

Notícias

Campanha Comércio Seguro é lançada Pela FCDL RN

BAIXE A CARTILHA AQUI A Federação das Câmaras e Dirige…

ENTIDADES DO SETOR PRODUTIVO DEFENDEM RETOMADAS DAS ATIVIDAD

O MOMENTO REQUER RESPONSABILIDADE, FIRMEZA, SENSATEZ E…

Nós precisamos erguer a cabeça e seguir em frente. Ess…

WhatsApp lança hoje, apenas no Brasil, serviço de pagament

O WhatsApp lança hoje, apenas no Brasil, o serviço de …

DIA DOS NAMORADOS SERÁ NA BASE DO E-COMMERCE

O Dia dos Namorados, comemorado na próxima sexta-feir…